O Direitista

Alexandre Frota tenta lacrar com a esquerda ao defender Ludmilla

São Paulo – O vereador paulista Fernando Holiday quer que a cidade deixe de pagar o cachê de Ludmilla por sua apresentação na Virada Cultural de São Paulo.

É que ela pediu para os fãs fazerem um L, símbolo que também está sendo associado ao ex-presidente Lula.

“O município promoveu evento com a cantora para promover um evento cultural, entretanto, o evento ficou marcado pela grande manifestação política em favorecimento de um pré-candidato. O evento claramente ‘beneficiou pessoas determinadas’, uma vez que, a artista puxou a plateia para enaltecer o símbolo de um pré-candidato à presidência”, disse o vereador.

Frota então foi defender a cantora de funk: “O Holiday, vai cuidar da sua vida, o ‘L’ é de Ludmilla. E se fosse de Lula? Depois do Daniel Silveira tudo é liberdade de expressão. Você não tem nada mais importante? Cuida do dia da Harmonização facial. A vida tá difícil por aí”.

Até a cantora se manifestou: “Ô Fernando, deixa eu contar um segredo: meu nome também começa com a letra L!”.

O Direitista

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!