The Política

Luciano Hang quebra promessa a Bolsonaro e dá R$ 1 milhão pra Globo

Anúncio no Fantástico é um dos mais caros do país.

A Havan é um dos principais anunciantes do SBT e da Record, desde que anunciou em 2019 o boicote contra a Globo. No entanto, no último domingo (16), a rede de lojas de Luciano Hang acabou com a suspensão de anúncios na emissora carioca e veiculou um comercial de 60 segundos no intervalo do Fantástico, um dos programas com publicidade mais cara do canal.

Na tabela de preços da Globo, um comercial de um minuto durante o intervalo da revista eletrônica custa R$ 1,299 milhão para ser colocado em rede nacional. O valor varia de acordo com as negociações entre a emissora e a empresa que está contratando o serviço. Se o comercial for exibido apenas na Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país, o valor da contratação passa a ser R$ 248 mil.

A Havan começou a veicular propagandas nos intervalos da Globo em 2018. No entanto, Luciano Hang, um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou um boicote à emissora por não compactuar com a linha editorial da mesma.

No texto do anúncio, Hang afirmou que o canal possui um “jornalismo ideológico”. “Não compactuamos com jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes. Enquanto esses programas prestarem um desserviço à nação e estiverem contra os valores da família brasileira, não iremos anunciar. Por ora, manteremos nossas propagandas nas afiliadas e jornais locais, que ainda informam a sociedade de forma mais isenta e conservadora”, informou a nota publicada na época.

Após a exibição do comercial no Fantástico, muitos seguidores da loja demonstraram estranhamento. “Pô, Luciano Hang, propaganda na #GloboLixo, intervalo do Fantástico. Tava zapeando os canais e casualmente vi”, comentou um internauta. “Falou que não faria mais propaganda na Globo. Tem comercial da sua loja na Globo. O que houve?”, questionou outro.

Este é um post da coluna O Direitista. Caso queira, clique aqui para ler a coluna O Esquerdista

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
O Direitista

Comentários