The Política

Bolsonaro é humilhado por mais um jornal americano de direita e cara cai no chão

Há menos de 10 dias publicamos que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), havia sido humilhado publicamente por um dos maiores jornais americanos, o The New York Times.

Muitos leitores questionaram a imparcialidade do jornal, apontado, assim como a Globo, como um veículo esquerdista.

“O país, cujo líder, o presidente Jair Bolsonaro, minimizou a ameaça do vírus, agora está registrando mais novos casos e mortes por dia do que qualquer outro país do mundo”, disse o jornal, destacando que mais de 100 brasileiros morriam por minuto no país. (veja aqui)

La Notícia: Bonner assume cobrança do Governo Bolsonaro e diz se pagou ou não

Agora, a humilhação vem de um jornal muito mais à direita, o The Washington Post, que publicou um editorial (quando o jornal emite uma opinião formal).

Disse que Bolsonaro ” já contribuiu muito para o agravamento da pandemia covid-19 em seu próprio país e, por meio da disseminação da variante brasileira, pelo mundo”.

Ele também foi chamado de incompetente e disse que o Congresso pode abrir um pedido de impeachment contra ele “por sua péssima gestão da pandemia, incluindo minimizar sua gravidade, resistir às medidas de saúde pública e promover curas charlatanescas”.

O editorial mostra que o argumento de que a mídia brasileira torce contra o presidente está cada vez mais fora de contexto e a cara de seus apoiadores vai caindo no chão.

Leia mais: Rodrigo Bocardi termina o Jornal da Globo de uma forma nunca antes feita

Este é um post da coluna O Esquerdista. Caso queira, clique aqui para ler a coluna O Direitista

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
O Esquerdista

Comentários