The Política

Bolsonaro pode desistir de eleição com medo desta humilhação

Ricardo Noblat, colunista do portal Metrópoles, acredita que Jair Bolsonaro (sem partido) possa desistir de concorrer à presidência em 2022, caso a sua derrota ainda em primeiro turno seja iminente. Dependendo das circunstâncias, o político pode ainda indicar outro nome para concorrer em seu lugar.

Leia também: Após pedir empréstimo à Globo, José de Abreu abandona a carreira por Lula

O presidente Jair Bolsonaro durante solenidade de Ação de Graças, no Palácio do Planalto.

De acordo com o colunista, Bolsonaro estaria conversando a respeito com alguns de seus ministros. Inclusive, do ano passado pra cá, já teria admitido que não nasceu pra ser presidente. O chefe do executivo estaria reclamando do excesso de trabalho, mesmo trabalhando tão pouco.

Essa pode ser uma estratégia para reforçar o apoio de seu núcleo de seguidores fiéis e se fazer de vítima, o que mais adiante poderá ser útil para justificar a sua não candidatura. O que é quase certo é que para uma derrota quase prevista, Bolsonaro não deve ir.

Ainda de acordo com o colunista, Bolsonaro pode ser arriscar a tentar uma vaga no Rio de Janeiro, sua principal base eleitoral.

Este é um post da coluna O Esquerdista. Caso queira, clique aqui para ler a coluna O Direitista

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
O Esquerdista

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ivonette Silva Sauro

Graças a DEUS

JOSE R. MOREIRA

Vocês (ou este que escreveu o artigo) estão delirando… não entenderam ainda que Bolsonaro está convicto que é um missionário? No voto do povo ninguém vence o JB. Mas na contagem informatizada dos votos… pelo TSE…

Arnor

“está convicto que é um missionário”…quem é mesmo que está delirando?