The Política

Datena chega ao partido de Pacheco e Kalil e pode ser grande força

Com o intuito de disputar uma vaga no Senado nas eleições de 2022, José Luiz Datena confirmou nesta quarta-feira (03) que está deixando o PSL para se filiar ao PSD.

“Vou deixar o PSL e vou para o PSD, que é o partido do Kassab. Isso já está definido”, disse o apresentador. “O Kassab deve me lançar candidato ao Senado”, revelou. Sendo assim, o senador mineiro Rodrigo Pacheco, nome mais forte para concorrer ao Planalto pelo partido, pode ter um apoio importante.

Datena deixou o PSL por estar insatisfeito com os rumos tomados pelo partido com a sua junção com o DEM. As duas legendas aguardam o aval da Justiça para formar o União Brasil.

A gota d’água para o apresentador teria sido a fala do atual presidente do partido, Luciano Bivar, de que considerava lançar Sérgio Moro à presidência, mesmo após Datena ter sido anunciado como pré-candidato da sigla ao Planalto.

Este é um post da coluna O Esquerdista. Caso queira, clique aqui para ler a coluna O Direitista

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
O Esquerdista
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments