The Política

Leis de segurança cibernética e proteção de dados no Brasil

Os crimes virtuais cresceram nos últimos anos. Eles são os mais diversos e chegam a atingir pessoas e empresas.

No ano de 2021, foram registradas mais de 88,5 bilhões de tentativas de ataques. Algumas dessas foram impedidas, mas outras causaram danos materiais e financeiros.

Esses números chegam a ser assustadores e preocupam quem deseja proteger os seus dados. O problema é que as informações, podem ser conseguidas de outras formas, às vezes disfarçadas.

O que é a LGDP?

No mundo existem leis para que as empresas sigam certas condições. Essas visam proteger os usuários e deixar clara qual a política adotada. 

No Brasil, em 2018, foi criada a Lei Geral de Proteção de Dados –LGDP. Seu objetivo foi o de promover práticas que assegurem a segurança e proteção das informações.

Muitas das medidas impactam diretamente as empresas. Algumas já eram adotadas em busca de proteção. Por exemplo, estabelece que há necessidade de investir em tecnologia para prevenir fraudes.

Outro ponto é em relação a coleta e divulgação de dados dos usuários. Essas só podem ser feitas se houver conscientemente. 

Para que fosse possível cumprir com as exigências, o investimento em cibersegurança foi mais do que necessário. 

Isso obrigou as empresas a investirem mais em segurança e monitoramento para proteger os dados. Ao mesmo tempo, as vulnerabilidades puderam ser corrigidas com a melhoria nos sistemas. 

Por fim, ficou estabelecida uma política mais transparente com os usuários. Eles sabem como seus dados são usados ou coletados. 

A importância da Cybersecurity

A cybersecurity ou cibersegurança é a área que visa proteger, sistemas, informações e outros tipos de ataques cibernéticos. Ela atua nas redes físicas e virtuais criando camadas de proteção. 

Ela ganha relevância à medida que os ataques aumentam. Com as vulnerabilidades expostas é preciso criar medidas para impedir os ataques. Nesse campo, sem que houvesse esforços e Cybersecurity Leis de segurança cibernética, tudo ficaria mais difícil.

Portanto, a cibersegurança é que se responsabiliza por monitorar e eliminar falhas que permitam um ataque virtual. Ele investe em camadas de proteção e protocolos capazes de garantir a proteção e dados das empresas e usuários.

Como resultado, consegue impedir que se perca dinheiro ou dados relevantes. Além disso, se adéquam às leis de segurança cibernética. 

Vale ressaltar que as medidas de proteção estão em constante mudança. À medida que a tecnologia evolui, os hackers acompanham. Por isso, cada vez mais a procura por profissionais se intensifica.

Hoje não se consegue falar em internet sem pensar em segurança e proteção de dados e leis que intensificam as punições. 

Como proteger os seus dados

A LDGP com a cibersegurança se esforçam para proteger os dados das empresas de informações dos usuários. Entretanto, as pessoas precisam fazer a sua parte. Se você é um usuário de internet, precisa seguir algumas orientações.

Usar uma VPN

A VPN consegue mascarar o seu endereço real e cria uma conexão segura com mensagens criptografadas. Dessa forma, se uma conversa for interceptada ela não será decodificada.

Ela consegue aumentar a segurança durante a navegação. Um canal privado é usado para cada usuário e sua localização fica privada. Por isso, proteja seus dados com um bom serviço VPN gratuito a fim de garantir muito mais segurança na proteção dos dados.

Ter um antivírus atualizado

O antivírus consegue impedir algumas ameaças que estão nos dispositivos conectados à internet. Hoje, existem muitos tipos de ataques, mas essa é uma barreira indispensável.

É importante ter um antivírus instalado e também garantir que ele fique atualizado, pois a cada nova versão, a proteção é ampliada. 

Conhecer a lei de segurança cibernética

Saber como a legislação funciona permite saber se a empresa está cumprindo com o necessário. Se ela não seguir alguma regra, é sinal de que não é confiável. Conheça a Lei Geral de Proteção de Dados – LGDP, por exemplo, e fique atento.

Qualquer indício de irregularidade pode expor os dados. Isso quer dizer que não deve confiar em sites, portais, aplicativos e outros que não operam dentro das normas.

Não acessar arquivos e links desconhecidos

Muitas pessoas acabam se expondo mesmo as empresas investindo em segurança. Ao clicar em links e arquivos suspeitos, o usuário cria uma porta de entrada para vírus e invasores.

Para um deve assumir o seu papel e também ter cuidado e adotar medidas de segurança. Links que são suspeitos e arquivos de origem desconhecida jamais devem ser abertos. 

As leis de segurança cibernética são apenas uma parte para a solução do problema. O investimento em tecnologia, melhora da cibersegurança e cuidado dos usuários, ajudam a completar esse quebra cabeça. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Notícias
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments